quarta-feira, 16 de abril de 2014

Terrinha: Ferveu o “kissuco” na Câmara por conta da “Taxa do Lixão”

O povo foi pra cima dos "Lordes" que apoiaram a taxa mais pesada
que um saco de lixo bem cheio. (Montagem com
parte da foto / crédito blog Olho Aberto Paraná)
E o Jacu fuçando as mídias da terrinha viu que “ferveu o kissuco” o protesto realizado em frente a “Câmara dos Lordes” do Reino da Jaculândia na última segunda (14) e foi tocado o terror pra cima dos parlamentares que anteriormente aprovaram a tal “Taxa do Lixão”. Pelo jeito todo o “fervo” pode ter valido a pena, pois a nobre presidente daquela Casa (que não tem culpa de nada) tratou de tentar revogar o projeto nas próximas sessões e o povo não ter mais que pagar um absurdo para ensacar e colocar o lixo na frente de casa. Mas, caso os outros “lordes” não queiram aprovar a revogação, o Jacu dá uma ideia de “burrixó”: juntem os recicláveis, os não recicláveis e até resto de comida, carne estragada, ovo podre etc tudo num saco e deixe no cesto de lixo de cada vereador que votou a favor. Os urubus, ratos e cachorros que adoram revirar lixo vão agradecer muito e pelo menos os “lordes” é que vão pagar uma taxa maior que a sua!!!

Deputado Nereu Moura liderou a Tropeada Histórica que percorreu o oeste do Paraná

Nereu Moura é a autoridade que mais incentiva o tropeirismo no Paraná 

O deputado Nereu Moura, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, usou sua Fan Page para prestar uma homenagem aos participantes e agradecer a receptividade dos municípios do percurso da quinta etapa da Tropeada Histórica do Paraná.

O grupo de tropeiros cavalgou mais de 140 quilômetros entre Santa Tereza do Oeste e Foz do Iguaçu, na fronteira do Brasil com Paraguai e Argentina.

“Muito obrigado aos tropeiros, vou levar no meu coração o companheirismo e amizade de cada um. Também quero agradecer a população de todos os municípios pela hospitalidade, carinho e extraordinária recepção”, destacou o deputado. A cavalgada durou quatro dias, de quinta-feira (10) a domingo (13), encerrando com um almoço no CTG Charrua, em Foz do Iguaçu.

Nereu Moura também publicou, no perfil, álbum de fotos com os melhores momento da Tropeada. Para ver as imagens basta acessar o www.facebook.com/deputadonereumoura.

A seguir a íntegra da mensagem do deputado:

"Inesquecível, não tem outra palavra para traduzir a alegria e a emoção que sentimos ao percorrer o trajeto de Santa Tereza do Oeste à Foz do Iguaçu, margeando o Parque Nacional do Iguaçu, Patrimônio da Humanidade tombado pela Unesco.

Muito obrigado aos tropeiros, vou levar no meu coração o companheirismo e amizade de cada um. Também quero agradecer a população de todos os municípios pela hospitalidade, carinho e extraordinária recepção.

Foi maravilhoso. Em todos os lugares lembranças, causos, histórias, fatos dos tempos em que o Paraná foi colonizando, desbravado, no lombo dos animais.

Essa jornada com certeza nunca mais será esquecida, ficará na memória como acervo de nossas vidas para serem contadas as futuras gerações".


COMENTÁRIO DO JACU:

O amigo deputado Nereu Moura é com certeza o maior incentivador do tropeirismo e do tradicionalismo que desbravou o Paraná no início do século XX. O Jacu neste espaço presta uma pequena homenagem de agradecimento ao deputado divulgando o que ele mais gosta de fazer, tudo isso pela amizade, pela atenção dada nas nossas visitas na Alep-PR e por toda consideração que tem com a ave mais famosa do humor do Paraná. O único deputado que realmente reconhece o Pio do Jacu como veículo alternativo de comunicação na Cantu e no Paraná. Valeu Nereu!

Consumidor que exigir cupom fiscal concorre a prêmios de até R$ 100 mil

O secretário estadual da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, anuncia
a campanha de cidadania fiscal do Estado do Paraná denominada
 Nota Fiscal Paranaense, para incentivar a exigência da nota
 fiscal na compra de bens e serviços no mercado varejista

A Secretaria de Estado da Fazenda lançou nesta quarta-feira (16/04) a Nota Fiscal Paranaense, uma campanha para mobilizar a população a exigir a emissão de nota fiscal ou cupom ao comprar bens e contratar serviços. 

Os consumidores concorrerão a dois prêmios semanais de R$ 10 mil, dois prêmios mensais de R$ 30 mil e dois prêmios trimestrais de R$ 100 mil. O primeiro sorteio será em 7 de maio e o resultado sai dos números da Loteria Federal. A primeira etapa da campanha vai até 31 de dezembro. 

Para concorrer é preciso enviar uma mensagem de texto (SMS) a partir de um telefone celular para o número 8484 e informar os dados da nota ou do cupom fiscal. Cada mensagem dá direito a um número para concorrer aos sorteios dos prêmios durante 90 dias. 

O secretário da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, disse que a campanha é um estímulo para que o consumidor exerça sua cidadania fiscal. Ele avalia que a exigência do cupom fiscal implica que a pessoa quer que o imposto que está sendo pago seja devidamente repassado aos cofres públicos, para que seja revertido em serviços públicos de qualidade. 

“Esperamos que, por meio da campanha, em breve não seja mais necessário que consumidor precise exigir o comprovante fiscal de suas compras, que passará a ser emitido naturalmente”, afirmou o secretário, ressaltando a parceria com a Secretaria da Comunicação Social para a realização da iniciativa. 

CONCORRÊNCIA - Outro aspecto importante da Nota Fiscal Paranaense, de acordo com o secretário, é que o consumidor é estimulado a fazer suas compras em estabelecimentos formais, que, muitas vezes, sofrem concorrência desleal por parte daqueles que não emitem documento fiscal de venda e assim exercem preços diferenciados. 

A coordenadora estadual da campanha, Maria de Fátima Zanardini, acrescentou que a iniciativa do Governo do Estado estimula o consumidor a pedir o documento fiscal e, ao mesmo tempo, “fomenta a prática da cidadania fiscal, protege as receitas do Estado e reprime a sonegação de impostos”. 

Maria de Fátima ressaltou ainda o trabalho da Secretaria da Comunicação Social em elaborar os materiais da campanha. 

BENEFÍCIOS - A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, que também participou do evento de lançamento da campanha, destacou que já está programada uma segunda fase da campanha. Nesta etapa, o consumidor premiado poderá indicar uma entidade social sem fins lucrativos ou escola estadual para receber um prêmio de igual valor. “Isso permitirá ampliar o trabalho em benefício das famílias que mais precisam de nossa ajuda”, disse. 

O deputado estadual Artagão Junior elogiou a iniciativa, destacando que ainda em 2011 a Assembleia Legislativa aprovou mensagem de sua autoria para a instituição de um programa para estimular a população a exigir a emissão da nota fiscal. 

O superintendente Regional da Receita Federal, Luiz Bernardi, enfatizou que a medida contribui também para o aumento da arrecadação de tributos, com reflexos para o Estado, municípios e a União. “O aumento da arrecadação amplia as condições para que o Estado cumpra a missão de promover o desenvolvimento da população”, disse. 

TODOS GANHAM – O diretor da Coordenação da Receita Estadual, Helio Obara, disse que a Nota Fiscal Paranaense embute uma relação de ganha-ganha entre o Estado, os contribuintes e os consumidores. Ele citou que o Estado amplia a fiscalização sobre a sonegação fiscal, porque possibilita o cruzamento dos dados informados pelo consumidor com os do contribuinte. “Como consequência, irá gerar mais recursos para serem aplicados em serviços públicos”. 

Obara destacou ainda que, ao reduzir a concorrência desleal, pois a sonegação deixa de ser diferencial competitivo, e ao incentivar as vendas pelo comércio formal, a campanha “fortalece a imagem do contribuinte do ICMS como uma empresa socialmente responsável”. 

Para o consumidor, segundo Obara, além de dar mais segurança nas compras em estabelecimentos regularizados e possibilitar a participação nos sorteios dos prêmios, a campanha é um estímulo para participar da “construção de um Estado comprometido com a prestação de serviços públicos de qualidade”. 

COMO FUNCIONA ¬ Maria de Fátima Zanardini, esclareceu que, para participar da campanha, o consumidor tem de cadastrar informações do cupom fiscal de compra, de qualquer valor, através de mensagem de texto (SMS), via celular, no nº 8484. Terão de constar data da emissão do cupom, a Inscrição Estadual, o número da máquina emissora e o da ordem da operação. 

Em seguida, a pessoa receberá mensagem de resposta informando o número do bilhete para participar do sorteio. Para resgatar o prêmio, o consumidor terá de apresentar cupom original e sem rasuras, para aferição fiscal. 

O sorteio estará atrelado ao resultado da extração da Loteria Federal, que acontece às quartas-feiras. O bilhete ganhador será divulgado no portal da Nota Fiscal Paranaense (www.nota.pr.gov.br) e em outros canais de divulgação do Governo do Paraná, além da mídia. 

A Nota Fiscal Paranaense terá dois prêmios semanais (R$ 10 mil cada), dois prêmios mensais (R$ 30 mil cada) e outros dois prêmios trimestrais (R$ 100 mil cada). Os primeiros sorteios semanais correrão no dia 5 de maio. 

Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br 


Agência de Notícias do Estado  

terça-feira, 15 de abril de 2014

Vereador de Curitiba quer criar transmissão ao vivo de velório

No projeto do vereador Chico do Uberaba (PMDB) só
faltou incluir narração ao vivo do guardamento!
Era só o que faltava... O vereador Chico do Uberaba (PMDB) entrou com um projeto de lei que cria um sistema de transmissão ao vivo de velório! Seria uma espécie de Big Brother de defunto para os parentes que não possam vir de longe acompanhar todos os “lances” – desde o choro até o apagar das velas e a retirada do caixão. Só que nesse Big Brother, o Boninho não paga nada, quem pagará é o dinheiro público. Ah vá vereador! Pelo jeito politicamente o Chico tá morrendo... Por que não faz um projeto útil para ajudar os vivos e não arrancar dinheiro do povo?!! Já que quase estamos em época de Copa, podem chamar o Galvão para gravar alguns trechos de narração do guardamento. Só pode!!! Mas já tem um programa assim na Globo!!!

Neste sábado de Aleluia tem Festa da Tequila em Laranjeiras do Sul – 19 anos!


A festa mais famosa e antiga de Laranjeiras do Sul e região – Festa da Tequila 19 anos! Dia 19 de abril (sábado de aleluia) a partir das 23 horas no Iguaçu Tênis Clube.

Presença do Tequileiro Rodrigues (O melhor Tequileiro do Brasil)

Assista vídeo e Baixe o CD da Festa!!!



Relembre a Festa da Tequila:



LINKS DO CD:




Participe e compartilhe o evento no Facebook:


1º LOTE DE INGRESSOS - R$ 15,00
2º LOTE DE INGRESSOS - R$ 20,00

PONTOS DE VENDA:

Em Laranjeiras do Sul: Microlan Informática, Biroska Lanches, Farmácia Santa Terezinha,Tiago Lanches, Panificadora do Moisés e Adega Bebidas Santiago.

Em Rio Bonito do Iguaçu: Cyber Café Star Games.

Realização MARCELO COELHO – AS MELHORES PROMOÇÕES!

Guarapuava tem a primeira unidade da Rede de Saúde Mental do Paraná

Governador Beto Richa lança a Rede de Atenção à Saúde Mental.
Objetivo é organizar os serviços públicos de saúde para as
pessoas com transtornos mentais e usuários de drogas
O governador Beto Richa lançou nesta terça-feira (15), em Guarapuava, na região central do Estado, a Rede de Saúde Mental do Paraná. O objetivo é organizar, em todo o Estado, os serviços públicos de saúde para promover o cuidado integral às pessoas com transtornos mentais ou necessidades decorrentes do uso de drogas. 

Richa ressaltou que a medida atende não apenas os dependentes químicos, mas também pessoas que têm este problema dentro da sua família e no seu círculo de vizinhos. “Essas pessoas sabem da dificuldade de recuperar pacientes no submundo das drogas. Agora contamos com um atendimento completo e integrado na recuperação desses dependentes químicos”, disse. 

Com a rede, o Estado adota um modelo de atendimento inédito no Brasil, focado na associação entre o tratamento ambulatorial e o tratamento assistido 24 horas. Para isso, serão criados os Serviços Integrados de Saúde Mental (SIMPR) no Paraná. “Esse modelo é inédito no país e oferece qualidade no serviço aos paranaenses”, afirmou o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto. 

O primeiro SIMPR do Estado funcionará em Guarapuava, atenderá 20 municípios da região, foi inaugurado nesta terça-feira, juntamente com o Centro Mãe Paranaense da região. Na solenidade, Richa entregou também cinco ventiladores ao Instituto Virmond e fez o credenciamento de sete leitos de UTI Neonatal e quatro unidades de UCI Neonatais no Hospital São Vicente de Paulo. 

ESPECIALIZADO - A coordenadora de saúde mental da secretaria estadual, Larissa Yamaguchi, explicou que o propósito da rede é articular diversos pontos de atenção, como unidades de saúde, serviços ambulatoriais e hospitais, para oferecer tratamento especializado e de qualidade aos pacientes. 

“A medida está em consonância com as diretrizes da reforma psiquiátrica, que prioriza o atendimento em saúde mental nos serviços integrados de saúde mental”, disse Larissa, destacando também a importância do atendimento regionalizado. "Muitos municípios não poderiam implantar o atendimento e o formato regional vai possibilitar uma ação de 24 horas para toda a região", afirmou. 

SERVIÇOS INTEGRADOS - O prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, afirmou que ao lançar esse sistema de saúde integrada mental, reativando uma unidade que estava fechada no município e a utilizando para acolhimento dos pacientes, o Governo do Paraná demonstra respeito à população. 

“Guarapuava e a região sofriam a angústia de não ter um lugar para onde encaminhar esses pacientes. Agora, com essa unidade especializada e com equipe treinada vamos oferecer um ambiente melhor que nos dá a esperança de propiciar o resgate social dessas pessoas”, disse o prefeito. 

O espaço inaugurado em Guarapuava vai aliar serviços especializados de assistência para dependentes de álcool, crack e outras drogas. Uma ala será destinada ao acompanhamento de saúde e reinserção social dos pacientes por meio de atividades terapêuticas. No espaço também haverá atendimento a pacientes em crise, podendo oferecer acolhimento noturno por um período máximo de 12 dias. 

"Sabemos da dificuldade que esses pacientes têm com a recaída. Essa junção de benefícios garante o melhor redirecionamento na vida social e profissional", disse Márcia Huçulak, superintendente de Atenção à Saúde. Ela afirmou ainda que outras cinco regiões vão receber a Rede de Saúde Mental nos próximos dias. 

A outra ala é um espaço aberto, de uso voluntário, que oferece moradia temporária a pacientes em tratamento. O serviço também deverá apoiar o paciente na busca de emprego, estudo e outras alternativas de moradia. O período máximo de acolhimento é de seis meses. 

A intenção é que as equipes multiprofissionais do serviço atuem de forma integrada, potencializando os resultados do tratamento do paciente. 

GUARAPUAVA - A estrutura da primeira unidade do SIMPR permitirá o atendimento de pacientes adultos, crianças e adolescentes de Boa Ventura de São Roque, Campina do Simão, Candói, Cantagalo, Foz do Jordão, Goioxim, Guarapuava, Laranjal, Laranjeiras do Sul, Marquinho, Nova Laranjeiras, Palmital, Pinhão, Pitanga, Porto Barreiro, Prudentópolis, Reserva do Iguaçu, Rio Bonito do Iguaçu, Turvo e Virmond. 

A previsão é que o serviço de acompanhamento clínico atenda inicialmente cerca de 80 pacientes por dia, sendo 40 adultos e 40 crianças/adolescentes. 

Para os espaços de acolhimento temporário, a capacidade máxima de atendimento é de 10 pacientes infantojuvenis e 15 adultos. O encaminhamento deve ser feito exclusivamente pela equipe da ala clínica. 

Nesta primeira fase de implantação, o Serviços Integrados de Saúde Mental (SIMPR) terá uma equipe multiprofissional composta por 75 profissionais, entre médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e demais funções. Em seu pleno funcionamento, essa equipe deverá ser ampliada para cerca de 100 profissionais. 

FINANCIAMENTO - Esta é a primeira vez que o Governo do Paraná investe no financiamento de serviços ambulatoriais especializados em saúde mental. O Estado repassou inicialmente R$ 440 mil para a implantação do SIMPR. O recurso foi utilizado para obras, aquisição de equipamentos e contratação de profissionais. 

Além disso, o governo estadual repassará R$ 130 mil em recursos mensais de custeio permanente para a manutenção das atividades do serviço, que será administrado pelo consórcio intermunicipal (associação entre municípios da região, que gerencia os serviços de saúde ambulatoriais especializados nas áreas de consultas médicas especializadas, terapias e exames complementares além de outros serviços). 

Desde 2011, o governo estadual investe cerca de R$ 28 milhões por ano no custeio de leitos especializados em saúde mental (leitos psiquiátricos). 

O evento de lançamento da Rede reuniu mais de 500 profissionais e gestores de saúde do Estado e dos municípios. Serão realizadas três oficinas de capacitação com temas relacionados ao atendimento nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), urgência e emergência em saúde mental e gestão da rede. 

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr


Agência de Notícias do Estado 

Vem aí o Bolsa Família com kit de "auxílio social" para os travecos

 Com o auxílio social, vai ter muito macho pensando
"mudar de time" para se encaixar no programa. Para
O prefeito de Cabo Frio tudo "já deu certo" 
E lá vem mais um "benefício" do governo, agora para os travecos. Você acha que é mentira do Jacu, mas é verdade mesmo e não se arrepie aí quando ler! A prefeitura de Cabo Frio em parceria com o governo federal vai possibilitar que os travestis façam o seu Cadastro Único (CadÚnico) para receber o Bolsa Família, participar do "Minha Casa, Minha Dívida" e tem desconto em água e luz, além de isenção na inscrição para concursos públicos! Tá sendo uma maravilha só igual o arco íris para essas "damas de vírgula"! Até aí nada demais, todo mundo tem direito... Problema que os aposentados de lá que levaram "ferro" a vida inteira trabalhando, não conseguem o benefício do INSS e estão derrubando a dentadura de tanto xingar o prefeito Alair Corrêa (PP) e a "Dirma".  A ideia pode pegar no Brasil inteiro e se passar pelo Congresso, vai ter muito machão por aí desistindo da de peão para vestir roupa de mulher encarar nas esquinas a dores "diferentes" (vai saber) tendo no final mais lucro que puxar saco de cimento ou agüentar chefe chato! E a aposentadoria dos travestis está garantida para comprar almofadinhas e tratamento para dores de tanto "repuxar" e etc... Bem não precisa dizer o que fazem né!

Duvida? Clique aqui:


Posted via Blogaway

André Vargas tirou foto com editor do Jacu e levou "zebra"

Recentemente Vargas encontrou o editor do Jacu
Na Alep e depois a sua "maionese" desandou...
Com o anúncio da renúncia do deputado André Vargas (PT) amplamente divulgado pela mídia na noite de segunda (14) por causa do "rolo" com o doleiro "Lava Jato", o Jacu analisou duas prováveis causas do azar chegar a ele na velocidade em que se sobe e desce da montanha russa. A primeira todos sabem que foi por ter mostrado o sovaco ao lado do Joaquim "Batman". A segunda causa foi por tirar foto recentemente na Alep-PR com o editor do Jacu,  que é depenado de azar! Muito exposto a essas radiações, acabou ganhando de "prêmio" 8 anos sem poder ser candidato por causa do ficha limpa e um processão no lombo! Foi do luxo ao limbo!

Posted via Blogaway

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Bom trabalho do MP na terrinha pode correr risco de “ligação da remoção”

A linha vermelha do Palácio Real pode rolar solta para
"eliminar" atuais problemas!
O atual trabalho que o promotor da terrinha anda fazendo tá arrepiando até o fio de cabelo mais escondido dos membros do Reino da Jaculândia. Depois dos dois casos de peculato com prisões em flagrante, agora são dentistas e enfermeiras da "prefa" tendo que prestar depoimentos acusados de não preencherem o ponto corretamente (por sacanagem). É uma pena saber que uma simples ligação do telefone vermelho do Palácio ou simples visitas da nossa alta Corte na "capitar", podem mandar o promotor pra uma nova promoção ou para "conchinchina", longe destes pagos ao sul do "world"! Aí quem se espicha, o galo enguiça, infelizmente!

Richa destaca ações do Estado na prevenção de desastres naturais

Governador Beto Richa participa da solenidade de apresentação do Selo
 de Mérito SOS Litoral, conferido pela pela Associação Brasileira de
 Cohabs e Agentes Públicos de Habitação (ABC) à Secretaria de Infraestrutura 
e Logística do Paraná e à Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar)
Selo de Mérito SOS Litoral O governador Beto Richa participou nesta segunda-feira (14) da solenidade de apresentação do projeto SOS Litoral, condecorado com o Selo de Mérito 2014. O projeto foi desenvolvido pelo governo do Paraná e beneficiou famílias do litoral paranaense que foram atingidas com as enchentes em 2011.

O prêmio Selo de Mérito tem o objetivo de divulgar e difundir as boas experiências habitacionais desenvolvidas por órgãos públicos. É uma promoção da Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação (ABC) e do Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano. A premiação aconteceu durante o 61º Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social, em março deste ano.

A Cohapar conquistou as categorias Grupos Específicos com o projeto “SOS Litoral” e Gestão e Fortalecimento SHIS com o projeto “Gestão para viabilização de moradias rurais”.
“O trabalho de recuperação do Litoral paranaense continua”, afirmou o governador Beto Richa, ao lembrar que o projeto foi uma operação que se tornou exemplo para o país. “Desde a ação da frota aérea baseada no aeroporto de Paranaguá, o trabalho envolveu a Defesa Civil com os bombeiros, polícias militar e civil, área social do governo, Mineropar, com seus técnicos e geólogos analisando os riscos de mais deslizamentos para preservar a vida dessas pessoas”.

O governador lembrou ainda que outros investimentos estão sendo feitos para antecipar a previsão de fenômenos climáticos. “Estamos dotando o Estado com equipamento de alta tecnologia para detecção de mudanças climáticas”, afirmou Richa. Ele citou a inauguração de um radar meteorológico em Cascavel, neste mês, que fará varredura em todo oeste paranaense, leste do Paraguai e oeste de Santa Catarina. “Outros dois sistemas similares serão instalados em breve para fazermos a cobertura de 100% do território paranaense, prevendo desastres naturais e evitando danos às famílias”.

Participaram da solenidade o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche; o secretário estadual da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o coordenador executivo da Defesa Civil, coronel Edemilson de Barros; o presidente do IAP, Luiz Tarcisio Mossato Pinto; além de representantes de secretarias e autarquias que participaram da reconstrução do Litoral em 2011.

SOS LITORAL – O projeto foi desenvolvido pelo governo do Paraná, por meio da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Secretaria da Família e Desenvolvimento Social e Secretaria de Infraestrutura e Logística, governo federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, e prefeituras de Antonina, Morretes e Paranaguá.
Para o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, o atendimento às famílias caracteriza a união de todas as secretarias. “Centenas de famílias que ficaram desabrigadas foram atendidas e hoje moram com segurança e qualidade”, disse.

Foram beneficiadas 223 famílias, sendo 85 em Antonina, 88 em Morretes e 50 em Paranaguá, com investimentos de R$ 11 milhões. Em caráter emergencial, as famílias foram resgatadas das áreas de risco e receberam donativos. Além de cobertores, roupas e agasalhos, foram arrecadadas e distribuídas 650 toneladas de alimentos e entregues às famílias kits com utensílios domésticos e peças de cama, mesa e banho.

Em seguida, o governo do Estado trabalhou na recuperação dos locais atingidos e construção de novas moradias. “Todo o Litoral ficou isolado, sem comunicação, energia ou telefonia e com a ação de todos, conseguimos resgatar as pessoas em menos de 24 horas”, afirmou o coronel Edemilson de Barros, coordenador executivo da Defesa Civil. O coronel Barros lembrou ainda que depois dessas ações o órgão ganhou mais força e montou um plano de ação emergencial e de prevenção a desastres naturais. “Criamos um Conselho Estadual de Proteção e Defesa Civil para tomada de decisões estratégicas e investimos pesado em infraestrutura”, conta.

O secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, ressaltou que o diferencial do SOS Litoral foi a rapidez e a sinergia nos trabalhos. “Hoje o Estado está mais preparado para eventos como esse. Ver pessoas morando bem e com segurança nos dá o sentimento de dever cumprido”, afirmou.
Em todo Litoral, além da construção das casas, foram feitas reconstrução de 19 pontes e 2 galerias celulares, reconstrução de rodovias e acessos rurais, desassoreamento de rios, recuperação de talude e de encostas, pavimentação, iluminação e saneamento.

MORADIAS RURAIS – O programa de construção de moradias rurais é o maior em andamento no país e também foi premiado com o Selo de Mérito 2014. A meta de atender 10 mil famílias do campo em quatro anos foi superada com um ano de antecedência. Estão sendo atendidas 12 mil famílias, em 374 municípios.
Além da melhoria da qualidade de vida dos agricultores familiares, o programa de habitação rural mantém o homem no campo, com chances de aumentar sua produção e renda. O programa também colabora com o crescimento da economia local, pois leva a indústria da construção civil ao município.

São parceiros do programa o Governo do Paraná, por meio da Cohapar, a Secretaria da Agricultura e o instituto Emater, além da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e prefeituras.

HABITAÇÃO NO PARANÁ – O Paraná tem hoje o maior programa de habitação do país e é o estado com melhor desempenho do programa Minha Casa Minha Vida, com projetos habitacionais nos 399 municípios. A meta do governo do Paraná é atender 110 mil famílias com moradias no campo e na cidade.
Outros programas paranaenses importantes, a regularização fundiária já beneficiou mais de 12 mil famílias e com a titulação de imóveis, 10 mil famílias já foram atendidas, superando a meta inicial de 8 mil famílias em quatro anos.


Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Agência de Notícias do Estado